Uma empresa dinamarquesa, KiteX, desenvolveu uma turbina eólica desmontável e portátil, uma turbina que podemos levar para onde quisermos, o que permite a geração de energia em qualquer local. 

Fabricada com hastes de fibra de vidro, a denominada Wind Catcher pesa apenas 10 kg e, garante a KiteX, leva apenas 15 minutos para ser montada. Há dois modelos disponíveis: de 200W, para climas com pouco vento, e de 600W, com capacidade para carregar bicicletas ou aparelhos electrónicos, por exemplo. 

A turbina eólica permite ainda trabalhar em conjunto com painéis solares. O único dado negativo desta revolucionária turbina eólica portátil talvez seja o barulho, embora seja um barulho suportável tendo em vista as suas funções. 

A KiteX acredita que a Wind Catcher, construída por engenheiros de kitesurf e resistente à chuva, vai revolucionar o mercado das eólicas, principalmente devido a sua utilidade. Ao contrário da imagem de fragilidade, esta turbina eólica resiste a ventos de até 20 m/s, garante Andreas Okholm, um dos criadores da Wind Catcher. 

Ao mesmo tempo, a estrutura é leve e forte. Não há necessidade de ter torres de aço pesadas ou suportes de metal.»

Além das hastes de fibra de vidro, a turbina conta com um rotor de seis metros de altura por quatro de diâmetro e plástico reciclado. 

LEIA TAMBÉM
Turbinas eólicas sem pás podem revolucionar as energias renováveis

Os seus mentores confessam que, inicialmente, a Wind Catcher foi idealizada para o campismo, mas a verdade é que a sua utilização vai muito além do camping, fruto das suas possibilidades, que, felizmente, não são poucas, muito pelo contrário.

Estaremos a viver um momento único das energias renováveis?…

Author

Nascida em Luanda no ano de 1988, licenciei-me em Gestão pela Universidade de Miami, nos Estados Unidos. Com uma sede insaciável de conhecer o mundo, já vivi em três continentes e sete cidades, capacitando-me assim a dominar várias culturas e quatro línguas: português, inglês, espanhol e francês. Estudiosa por natureza, em 2010 frequentei o Mestrado em Negócios na American Business School of Paris, tendo recebido, no ano seguinte, o diploma de Desenvolvimento de Negócios Internacionais, com a dissertação de mestrado “O Papel das Organizações Não Governamentais no Processo de Reconstrução Social Pós-Conflito em Angola”. Ao longo da minha carreira profissional, procurei sempre enriquecer o meu conhecimento. Embora o meu percurso académico tenha iniciado pela via económica, a minha carreira profissional percorre, desde sempre, no mundo das Energias Renováveis e Não-renováveis.

Deixe seu comentário