fbpx

Angola comemorou na última quarta-feira os seus 45 anos de Independência. No Novo Jornal, escrevo sobre estas quatro décadas e meia, tendo o petróleo como tema central do artigo.

«A exploração petrolífera em Angola data de finais dos anos 50 e início dos anos 60. Embora fosse uma das fontes de rendimento do país, os seus valores não superavam as receitas do sector agrícola, na altura o principal motor económico da nação. Com a independência em 1975 ocorreu uma mudança de 180 graus e o petróleo tornou-se o principal componente de financiamento do orçamento geral do Estado,
que sempre entendeu a importância do petróleo para o país, criando ainda em 1975 a empresa estatal Sonangol, hoje uma referência no mercado petrolífero.»

Este é o começo do artigo escrito para o Novo Jornal.

Author

Nascida em Luanda no ano de 1988, licenciei-me em Gestão pela Universidade de Miami, nos Estados Unidos. Com uma sede insaciável de conhecer o mundo, já vivi em três continentes e sete cidades, capacitando-me assim a dominar várias culturas e quatro línguas: português, inglês, espanhol e francês. Estudiosa por natureza, em 2010 frequentei o Mestrado em Negócios na American Business School of Paris, tendo recebido, no ano seguinte, o diploma de Desenvolvimento de Negócios Internacionais, com a dissertação de mestrado “O Papel das Organizações Não Governamentais no Processo de Reconstrução Social Pós-Conflito em Angola”. Ao longo da minha carreira profissional, procurei sempre enriquecer o meu conhecimento. Embora o meu percurso académico tenha iniciado pela via económica, a minha carreira profissional percorre, desde sempre, no mundo das Energias Renováveis e Não-renováveis.

Deixe seu comentário